The Impact of Acoustic Neuromas: Beyond the Signs of Aging

O impacto dos neuromas acústicos: além dos sinais de envelhecimento

SAN DIEGO, Califórnia – À medida que envelhecemos, é fácil ignorar certos sintomas como sinais típicos da velhice. No entanto, para algumas pessoas, esses sinais aparentemente inofensivos podem ser indicativos de algo muito mais grave. Neuromas acústicos, embora raros, podem ter consequências que mudam a vida e potencialmente ameaçam a vida.

Julie Sifford e sua filha Eliza compartilham um vínculo especial, fazendo tudo juntas. No entanto, quando Julie começou a sentir tontura e tonturas, suas atividades se tornaram mais desafiadoras. O zumbido em seus ouvidos, conhecido como zumbido, aumentou gradualmente ao longo do tempo, juntamente com alguma perda auditiva. Inicialmente, Julie atribuiu essas mudanças ao envelhecimento normal.

Investigações médicas subsequentes, incluindo uma ressonância magnética, revelaram que Julie tinha um neuroma acústico – um tumor pequeno, não canceroso, do tamanho de uma uva-passa. Esse tumor estava exercendo pressão no nervo primário que conecta o ouvido de Julie ao cérebro. O Dr. Rick Friedman, Neurotologista e Professor do Programa de Neuroma Acústico da UC San Diego Health, compara o efeito desse tumor a um crescimento descontrolado que danifica a audição e, se não tratado, pode até comprimir o tronco cerebral.

A remoção desses tumores exige a experiência de especialistas como o Dr. Friedman e o neurocirurgião Dr. Mark Schwartz. Seu objetivo primordial é remover o tumor preservando a audição e evitando danos aos nervos faciais. No caso de Julie, ela ficou aliviada ao descobrir que sua audição havia sido preservada. Embora não recupere o que perdeu, ela se sente afortunada por sua condição não deteriorar ainda mais. Além de estar melhorando seu equilíbrio, ela também está ansiosa pela próxima temporada de futebol.

Os neuromas acústicos ocorrem devido à superprodução de células de Schwann no sistema nervoso. Dependendo do tamanho do tumor, os pacientes têm três opções: monitoramento do crescimento, radioterapia ou cirurgia. A remoção cirúrgica é a única opção garantida para prevenir deterioração adicional da audição.

Em conclusão, ao experimentar sintomas como perda auditiva, tontura inexplicável ou zumbido nos ouvidos, é vital não descartá-los como parte natural do envelhecimento. Procurar atendimento médico e intervenção precoce pode fazer uma diferença significativa na preservação da qualidade de vida. Seja proativo e atento à sua saúde e não deixe esses sintomas passarem despercebidos.

Perguntas frequentes sobre neuromas acústicos

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact