New Guidelines for Fluoroquinolone Antibiotics Aim to Improve Patient Safety

Novas diretrizes para os antibióticos fluoroquinolonas visam melhorar a segurança do paciente

A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido (MHRA) implementou restrições mais rígidas para o uso de antibióticos fluoroquinolonas, a fim de melhorar a segurança do paciente. Estes antibióticos, que podem ser administrados por injeção, ingestão oral ou inalação, agora só serão prescritos quando não houver outras opções adequadas de antibióticos disponíveis.

A decisão de impor essas novas diretrizes segue uma extensa revisão dos efeitos colaterais a longo prazo associados às fluoroquinolonas. A MHRA levou em consideração relatos de pacientes e profissionais de saúde, bem como as experiências daqueles que sofreram reações adversas a esses antibióticos. O objetivo da revisão foi abordar preocupações sobre os efeitos colaterais duradouros ou incapacitantes que têm sido relatados, mesmo em casos em que as fluoroquinolonas foram prescritas para infecções menos graves ou condições não bacterianas.

Ao restringir o uso de antibióticos fluoroquinolonas, a MHRA espera minimizar os riscos potenciais para os pacientes. Especialistas em saúde agora são aconselhados a considerar antibióticos alternativos como primeira opção de tratamento e recorrer às fluoroquinolonas apenas quando todas as outras opções recomendadas forem consideradas inadequadas.

Essas novas diretrizes refletem o compromisso da MHRA em avaliar continuamente a segurança dos medicamentos e tomar decisões baseadas em evidências para proteger a saúde pública. Ao priorizar a segurança do paciente, a agência visa garantir que os indivíduos recebam o tratamento mais apropriado e eficaz para sua condição específica.

É importante que os profissionais de saúde e os pacientes estejam informados sobre essas novas diretrizes a fim de tomar decisões bem fundamentadas sobre o tratamento com antibióticos. Ao aderir a essas restrições, o impacto dos antibióticos fluoroquinolonas pode ser melhor controlado, levando, em última análise, a melhores resultados para os pacientes.

FAQ:

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact