Defamation Trial Against Donald Trump Continues Amidst Covid Scare

Julgamento por difamação contra Donald Trump continua em meio ao susto do Covid

O aguardado julgamento por difamação entre E Jean Carroll e Donald Trump está programado para ser retomado na quinta-feira, no tribunal federal de Manhattan. Após um breve atraso devido a um susto com o Covid, os procedimentos devem seguir adiante, com os advogados de Trump indicando que planejam chamá-lo como testemunha.

A advogada principal de Carroll, Roberta Kaplan, afirmou que os depoimentos das testemunhas restantes serão concisos, abrindo possibilidade para que Trump testemunhe na quinta-feira. Esse confronto no tribunal estava inicialmente agendado para segunda-feira, mas foi interrompido quando um jurado adoeceu com sintomas de Covid a caminho do tribunal.

Enquanto a equipe jurídica de Carroll argumentava para que o julgamento continuasse sem esse jurado, foi revelado em tribunal que a equipe de Trump também havia sido exposta ao Covid. A advogada principal de Trump, Alina Habba, revelou que havia jantado com seus pais, um dos quais testou positivo para o vírus, levando-a a se sentir mal.

Como resultado, o juiz concordou em adiar o julgamento até terça-feira para que testes de Covid pudessem ser realizados em todas as partes envolvidas, incluindo os jurados. No entanto, Habba solicitou outro adiamento, citando os compromissos da campanha de Trump e as primárias de New Hampshire.

O juiz Lewis Kaplan decidiu não tomar uma decisão imediata e posteriormente anunciou que os procedimentos seriam adiados para quarta-feira. Posteriormente, uma petição judicial revelou mais um adiamento, com o julgamento agora agendado para continuar na quinta-feira.

Embora não tenham sido fornecidos motivos específicos para os adiamentos consecutivos, a retomada do julgamento promete ser um momento crucial na batalha jurídica entre Carroll e Trump. À medida que ambos os lados se preparam para esse evento altamente significativo, o resultado do julgamento tem grandes implicações para o futuro da lei de difamação e para as reputações das pessoas envolvidas.

Perguntas frequentes sobre o julgamento por difamação entre E Jean Carroll e Donald Trump:

P: Quando o julgamento por difamação entre E Jean Carroll e Donald Trump está programado para ser retomado?
R: O julgamento está programado para ser retomado na quinta-feira no tribunal federal de Manhattan.

P: Por que houve um breve atraso no julgamento?
R: O julgamento foi brevemente adiado devido a um susto com o Covid. Um jurado adoeceu com sintomas de Covid, e a equipe jurídica de Trump também foi exposta ao vírus.

P: Quem é esperado para testemunhar?
R: Donald Trump é esperado para testemunhar, conforme indicado por seus advogados.

P: Quem é a advogada principal de E Jean Carroll?
R: A advogada principal de E Jean Carroll é Roberta Kaplan.

P: Qual foi o motivo do pedido para continuar o julgamento sem o jurado doente?
R: A equipe jurídica de Carroll argumentou para que o julgamento continuasse sem o jurado doente.

P: Por que houve a necessidade de vários adiamentos?
R: Os adiamentos foram necessários devido aos testes de Covid sendo realizados em todas as partes envolvidas, incluindo os jurados, e devido aos compromissos de campanha de Trump e as primárias de New Hampshire.

P: Quando está programado para continuar o julgamento agora?
R: O julgamento está agora programado para continuar na quinta-feira.

Definições:
– Difamação: Ação de prejudicar a reputação de alguém por meio de declarações falsas.
– Jurado: Indivíduo que serve em um júri e ajuda a determinar o resultado de um julgamento.
– Covid: Abreviação para doença do coronavírus, causada pelo vírus SARS-CoV-2.

Link relacionado sugerido: uscourts.gov (Site oficial dos Tribunais dos Estados Unidos)

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact