Fake School Vaccination Scheme Shakes New York, Raises Concerns about Public Health

Esquema de Vacinação Falsa Abala Nova York e Levanta Preocupações sobre a Saúde Pública

Um recente escândalo envolvendo um esquema de vacinação falsa em escolas abalou o estado de Nova York e deixou aproximadamente 1.500 estudantes em risco de doenças evitáveis. O esquema, orquestrado por uma parteira baseada em Long Island chamada Jeanette Breen, envolveu o fornecimento de registros falsos de vacinação escolar que permitiram que estudantes não vacinados frequentassem escolas em todo o estado.

O impacto dessa fraude se espalhou por cerca de 300 distritos escolares, afetando estudantes nos condados de Westchester, Rockland, Orange e Dutchess. Para piorar a situação, Breen administrou falsas imunizações a esses estudantes usando o “Programa de Homeoprofilaxia Real de Imunidade”, uma série de pellets orais comercializados como uma alternativa à vacinação. Esses pellets não são autorizados por nenhuma autoridade reguladora e não fornecem imunização contra nenhuma doença.

Esse escândalo revela as vulnerabilidades no sistema de vacinação. As vacinas são cruciais para proteger a saúde pública e prevenir a propagação de doenças graves como sarampo, poliomielite e coqueluche. As ações de indivíduos como Breen, que falsificam registros de vacinas, colocam vidas em perigo e minam o próprio sistema criado para nos manter seguros.

O impacto desse esquema vai além dos 1.500 estudantes envolvidos. Reflete uma tendência crescente de hesitação e ceticismo em relação às vacinas, alimentada por desinformação e sentimentos antivacinação. Nos últimos anos, os Estados Unidos testemunharam surtos de sarampo e outras doenças evitáveis de alto perfil, levantando preocupações sobre a eficácia das vacinas e as potenciais consequências de não vacinar.

Em resposta a esse escândalo, os reguladores multaram Breen em $300.000 e estão tomando medidas para garantir que as escolas afetadas sejam informadas. Os 1.500 estudantes envolvidos agora devem receber todas as vacinas obrigatórias antes de poderem retornar à escola. Os funcionários estaduais de saúde estão enfatizando a importância de seguir as diretrizes de vacinação e estão preparados para usar todas as ferramentas de fiscalização para reprimir aqueles que violam as leis de vacinação escolar.

Esse incidente serve como um lembrete do papel crítico que as vacinas desempenham na proteção da saúde pública. Isso exige uma vigilância aumentada na verificação da autenticidade dos registros de vacinação e na educação pública sobre a importância das vacinas. Enquanto navegamos pelos desafios da pandemia de COVID-19, é imperativo que permaneçamos comprometidos em nos protegermos e proteger nossas comunidades por meio da vacinação.

Perguntas Frequentes (FAQ)

P: Qual foi o recente escândalo envolvendo um esquema de vacinação falsa em escolas?
R: O recente escândalo envolvia um esquema de vacinação falsa em escolas no estado de Nova York, onde uma parteira chamada Jeanette Breen fornecia registros falsos de vacinação escolar, permitindo que estudantes não vacinados frequentassem escolas em todo o estado.

P: Quantos estudantes foram afetados pelo esquema?
R: Aproximadamente 1.500 estudantes ficaram em risco de doenças evitáveis devido ao esquema de vacinação falsa em escolas.

P: Que método Jeanette Breen usou para administrar falsas imunizações?
R: Jeanette Breen administrou falsas imunizações usando o “Programa de Homeoprofilaxia Real de Imunidade”, que envolvia pellets orais comercializados como uma alternativa à vacinação. No entanto, esses pellets não são autorizados por nenhuma autoridade reguladora e não fornecem imunização contra nenhuma doença.

P: Qual impacto o esquema teve nos distritos escolares?
R: O esquema afetou cerca de 300 distritos escolares nos condados de Westchester, Rockland, Orange e Dutchess.

P: Que vulnerabilidades no sistema de vacinação esse escândalo destaca?
R: Esse escândalo destaca as vulnerabilidades no sistema de vacinação causadas por indivíduos que falsificam registros de vacinas, colocando vidas em risco e minando o propósito do sistema de proteger a saúde pública.

P: Por que a hesitação e o ceticismo em relação às vacinas são preocupantes?
R: A hesitação e o ceticismo em relação às vacinas são preocupantes porque contribuem para uma tendência crescente que questiona a eficácia das vacinas. Esse ceticismo, alimentado por desinformação e sentimentos antivacinação, pode levar a surtos de doenças evitáveis.

P: Quais consequências o esquema teve para Jeanette Breen?
R: Jeanette Breen foi multada em $300.000 pelos reguladores e as escolas afetadas foram informadas. Os 1.500 estudantes envolvidos agora devem receber todas as vacinas obrigatórias antes de poderem retornar à escola.

P: Que medidas os funcionários de saúde estão tomando em resposta ao escândalo?
R: Os funcionários de saúde estão enfatizando a importância de seguir as diretrizes de vacinação e estão preparados para usar todas as ferramentas de fiscalização para reprimir aqueles que violam as leis de vacinação escolar.

P: Qual é a importância de registros de vacinação autênticos e educação pública?
R: Registros de vacinação autênticos são cruciais para prevenir fraudes e garantir a saúde pública. A educação pública é necessária para aumentar a conscientização sobre a importância das vacinas e combater a desinformação.

P: Como devemos abordar as vacinas durante a pandemia de COVID-19?
R: É crucial permanecer comprometidos em nos protegermos e proteger nossas comunidades por meio da vacinação durante os desafios da pandemia de COVID-19.

Definições:
– Vacinações: A administração de vacinas para estimular o sistema imunológico e fornecer proteção contra doenças.
– Imunização: O processo de tornar um indivíduo imune ou resistente a uma doença específica.
– Hesitação em relação às vacinas: A relutância ou recusa em vacinar, apesar da disponibilidade de vacinas.
– Homeoprofilaxia: Um termo usado para descrever métodos alternativos que supostamente fornecem imunidade sem o uso de vacinas, como o “Programa de Homeoprofilaxia Real de Imunidade” mencionado no artigo.

Links relacionados sugeridos:
– CDC Vacinas e Imunizações
– Organização Mundial da Saúde – Imunização
– Departamento de Saúde do Estado de Nova York – Informações sobre Imunização

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact