The Lid Debate: Does It Really Matter?

Debate sobre a tampa: Será que realmente importa?

Um longo debate sobre se fechar a tampa do vaso sanitário ou deixá-la aberta pode finalmente ter sido resolvido por cientistas, mas a resposta pode não ser o que você espera. O microbiologista Charles Gerba e sua equipe de pesquisa na Universidade do Arizona descobriram que nenhuma das opções é uma solução eficaz para deter a propagação de germes perigosos.

Contrariando a crença popular, fechar a tampa de um vaso sanitário residencial não evita a propagação de partículas virais provenientes da potente descarga. Um estudo recente publicado no American Journal of Infection Control descobriu que, independentemente de a tampa estar levantada ou abaixada, partículas virais microscópicas ainda se espalham pelo chão e pelas superfícies próximas ao banheiro quando o vaso é acionado.

Alguns podem argumentar que fechar a tampa resolve o problema, mas a realidade é que o ar e os vírus presentes na bacia do vaso sanitário são simplesmente levados para fora da bacia ao ser acionada a descarga. Estudos anteriores mostraram que fechar a tampa reduz a contaminação bacteriana em superfícies próximas, mas a equipe de Gerba concentrou-se em partículas virais menores em banheiros residenciais e constatou que a posição da tampa faz pouca diferença.

Então, o que pode ser feito para reduzir a propagação de patógenos virais, como o norovírus? O estudo concluiu que o método mais eficaz é desinfetar regularmente o vaso sanitário, sua água e as superfícies próximas. Isso significa limpar o assento do vaso sanitário, a alça e outras superfícies de alto contato no banheiro com um desinfetante regularmente.

Além disso, é crucial praticar uma boa higiene das mãos. Lavar as mãos adequadamente com água e sabão é sempre recomendado, especialmente após usar o banheiro. Isso é particularmente importante se alguém na casa estiver infectado por um vírus.

Embora alguns argumentem que fechar a tampa pode reduzir o impacto das partículas ao acionar a descarga, é importante observar que pessoas com sistemas imunológicos comprometidos, como pacientes hospitalares, são especialmente vulneráveis aos germes em banheiros. Para eles, fechar a tampa juntamente com a desinfecção e lavagem das mãos regulares é essencial para manter um ambiente sanitário.

Em última análise, é do nosso melhor interesse tomar medidas proativas para minimizar a propagação de germes em nossos banheiros. A limpeza regular, a higiene das mãos diligente e a conscientização sobre as superfícies de alto contato podem fazer uma grande diferença na redução do risco de contaminação. Portanto, da próxima vez que você se encontrar no debate sobre a tampa, lembre-se de que a chave está na limpeza regular e nas práticas adequadas de higiene.

FAQ

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact