Avanço Promissor no Combate à Tuberculose em Crianças

Avanço Promissor no Combate à Tuberculose em Crianças

Um estudo recente apresentado em uma conferência sobre saúde pulmonar revela um avanço promissor na prevenção da tuberculose (TB) em crianças. Descobriu-se que um antibiótico comum, levofloxacino, quando tomado em dose diária, pode reduzir o risco de crianças desenvolverem tuberculose multirresistente (MDR-TB) em 56%. MDR-TB é uma forma da doença que desenvolveu resistência a múltiplas drogas, tornando o tratamento desafiador e prolongado.

Crianças são particularmente vulneráveis à MDR-TB, com aproximadamente 240.000 crianças morrendo da doença a cada ano. A prevenção da MDR-TB é crucial para reduzir esses números. O uso do levofloxacino como um medicamento preventivo é especialmente promissor, pois está disponível em forma de comprimido com sabor de fruta, tornando mais provável que as crianças o tomem consistentemente.

Além da prevenção da MDR-TB, um ensaio clínico separado descobriu três novos regimes encurtados e orais para a MDR-TB que são seguros e eficazes para todas as populações, incluindo crianças, mulheres grávidas e indivíduos com outras doenças como o HIV. Esses regimes podem reduzir em até dois terços o tempo de tratamento em comparação aos tratamentos convencionais.

O desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico também está avançando na luta contra a TB em crianças. Um estudo recente liderado pela Universidade Ludwig Maximilian (LMU) em Munique, Alemanha, em colaboração com parceiros de vários países, introduziu um teste de sangue obtido por uma picada no dedo. Esse teste é um divisor de águas na detecção da TB em crianças, pois elimina a necessidade de amostras de escarro ou catarro, que são difíceis de coletar em crianças pequenas. O teste apresentou resultados promissores, com 60% de precisão na identificação de crianças com tuberculose.

Esses avanços tanto na prevenção quanto na detecção da TB em crianças oferecem esperança na luta contra essa doença mortal. Com mais financiamento e pesquisa, a comunidade global pode trabalhar rumo à redução do ônus da tuberculose e à melhoria dos resultados de saúde das crianças em todo o mundo.

Perguntas Frequentes

P: Como o levofloxacino reduz o risco de MDR-TB em crianças?
R: O levofloxacino é um antibiótico comum que, quando tomado em dose diária, pode reduzir o risco de crianças desenvolverem tuberculose multirresistente em 56%.

P: Como os regimes encurtados podem ajudar no tratamento da MDR-TB?
R: Os regimes encurtados para tuberculose multirresistente foram considerados seguros e eficazes para todas as populações, incluindo crianças, mulheres grávidas e indivíduos com outras doenças como o HIV. Esses regimes podem reduzir em até dois terços o tempo de tratamento em comparação aos tratamentos convencionais.

P: Qual é a importância do teste de sangue obtido por picada no dedo na detecção da TB em crianças?
R: O teste de sangue obtido por picada no dedo oferece um método conveniente e rápido para a detecção da tuberculose em crianças. Ele elimina a necessidade de amostras de escarro ou catarro, que podem ser difíceis de coletar em crianças pequenas. O teste apresentou resultados promissores, com 60% de precisão na identificação de crianças com tuberculose.

Fonte: Conferência da União sobre Saúde Pulmonar (https://www.theunion.org/)

All Rights Reserved 2021.
| .