High Rates of Mental Health Issues Impacting Young Adults and Workforce

Altas Taxas de Problemas de Saúde Mental Impactando Jovens Adultos e a Força de Trabalho

Pesquisas recentes realizadas pelo Prince’s Trust revelam que um em cada cinco jovens está enfrentando problemas de saúde mental tão graves que precisam se afastar da escola ou do trabalho. Essa estatística alarmante é indicativa de uma tendência maior, já que o número de pessoas sem emprego devido a questões de saúde atingiu um recorde de 2,6 milhões na Grã-Bretanha.

O Prince’s Trust conduziu uma pesquisa com 2.239 indivíduos de 16 a 25 anos, que descobriu que quase 20% dos jovens adultos deixaram de se candidatar a empregos devido às suas lutas contra a saúde mental. Além disso, a pesquisa revelou que a felicidade no trabalho, educação, qualificações e estabilidade financeira está em seu ponto mais baixo nos 15 anos em que eles conduzem pesquisas para seu Youth Index.

Além disso, outro estudo realizado pela Resolution Foundation destaca que quase 10% dos indivíduos em idade de trabalho em certas partes do país se consideram tão doentes a ponto de não procurar emprego ou se envolver no mercado de trabalho. Essa tendência preocupante tem ramificações significativas tanto para os indivíduos quanto para a sociedade em geral, pois perpetua um ciclo vicioso em que a saúde mental precária afeta a produtividade e as oportunidades de emprego, resultando em bem-estar reduzido.

O impacto da saúde mental na carreira dos jovens é reforçado ainda mais pelos dados do Prince’s Trust, que revelam que um em cada oito indivíduos admitiu que sua saúde mental impediu-os de comparecer a entrevistas de emprego no último ano. A pandemia em curso e a crise do custo de vida também exacerbaram os problemas de saúde mental, com quase 40% dos entrevistados relatando sentimentos de depressão “sempre” ou “frequentemente”.

Curiosamente, os dados sugerem que pessoas desempregadas têm pior saúde mental em comparação com as empregadas. Dois terços dos empregados relataram que o trabalho impactou positivamente sua saúde mental, aumentando a confiança, criando um senso de propósito e instilando otimismo para o futuro.

Infelizmente, os efeitos da pandemia causaram um aumento significativo nos problemas de saúde mental entre os jovens. Segundo o NHS England, a proporção de jovens de 17 a 19 anos com transtornos alimentares, por exemplo, subiu para 12,5% no ano passado, em comparação com apenas 0,8% em 2017.

Para enfrentar essas preocupações, são necessários sistemas de suporte abrangentes e intervenções para garantir que os jovens com desafios de saúde mental tenham acesso a recursos e oportunidades adequadas. Além disso, é urgente abordar a tendência mais ampla de aumento das taxas de incapacidade entre os indivíduos em idade de trabalho, pois essa tendência agrava ainda mais os desafios enfrentados por aqueles que buscam reingressar no mercado de trabalho após um período de doença.

As implicações dessas descobertas sugerem que priorizar o suporte à saúde mental e desestigmatizar as lutas pela saúde mental é crucial não apenas para o bem-estar dos indivíduos, mas também para a produtividade da força de trabalho e o crescimento econômico.

Perguntas frequentes:

1. O que a pesquisa recente do Prince’s Trust revela?
A pesquisa recente do Prince’s Trust revela que um em cada cinco jovens está enfrentando problemas de saúde mental tão graves que precisam se afastar da escola ou do trabalho.

2. Qual é o número de pessoas desempregadas devido a problemas de saúde na Grã-Bretanha?
O número de pessoas desempregadas devido a problemas de saúde na Grã-Bretanha atingiu um recorde de 2,6 milhões.

3. O que a pesquisa do Prince’s Trust descobriu?
A pesquisa do Prince’s Trust descobriu que quase 20% dos jovens adultos deixaram de se candidatar a empregos devido às suas lutas contra a saúde mental. Também foi constatado que a felicidade no trabalho, educação, qualificações e estabilidade financeira está em seu ponto mais baixo nos 15 anos de pesquisa do Youth Index.

4. O que outro estudo da Resolution Foundation destacou?
Outro estudo da Resolution Foundation destacou que quase 10% dos indivíduos em idade de trabalho em certas partes do país se consideram tão doentes a ponto de não procurar emprego ou se envolver no mercado de trabalho.

5. Como a saúde mental precária afeta a produtividade e as oportunidades de emprego?
A saúde mental precária afeta a produtividade e as oportunidades de emprego, resultando em bem-estar reduzido. Isso perpetua um ciclo vicioso no qual indivíduos com problemas de saúde mental lutam para encontrar emprego, impactando seu bem-estar geral.

6. Como a saúde mental impacta a carreira dos jovens?
A saúde mental pode prejudicar a carreira dos jovens, conforme revelado pelos dados do Prince’s Trust. Um em cada oito indivíduos admitiu que sua saúde mental impediu-os de comparecer a entrevistas de emprego no último ano.

7. Como a pandemia em curso e a crise do custo de vida afetaram a saúde mental?
A pandemia em curso e a crise do custo de vida exacerbaram os problemas de saúde mental. Quase 40% dos entrevistados relataram sentimentos de depressão “sempre” ou “frequentemente”.

8. Como os indivíduos empregados percebem o impacto de seus empregos na saúde mental?
Dois terços dos indivíduos empregados relataram que seus empregos impactaram positivamente sua saúde mental. Eles aumentaram sua confiança, criaram um senso de propósito e instilaram otimismo para o futuro.

9. Como a pandemia afetou os transtornos alimentares entre os jovens de 17 a 19 anos?
Segundo o NHS England, a proporção de jovens de 17 a 19 anos com transtornos alimentares subiu para 12,5% no ano passado, em comparação com apenas 0,8% em 2017.

10. O que é necessário para enfrentar os desafios de saúde mental entre os jovens?
São necessários sistemas de suporte abrangentes e intervenções para garantir que os jovens com desafios de saúde mental tenham acesso a recursos e oportunidades adequadas. Além disso, é crucial abordar o aumento das taxas de incapacidade entre os indivíduos em idade de trabalho para aqueles que buscam reingressar no mercado de trabalho após um período de doença.

Definições:

1. Saúde mental: A saúde mental se refere ao bem-estar emocional, psicológico e social de uma pessoa. Ela afeta como as pessoas pensam, sentem e agem.

2. Resolution Foundation: A Resolution Foundation é um think tank independente que tem como foco melhorar os padrões de vida para pessoas de baixa e média renda no Reino Unido.

3. NHS England: O NHS England é o órgão responsável pela supervisão e financiamento do Serviço Nacional de Saúde na Inglaterra.

Links relacionados:

Site oficial do Prince’s Trust

Site oficial da Resolution Foundation

Site oficial do NHS England

All Rights Reserved 2021
| .
Privacy policy
Contact